Museu Carnavalet: o preferido – blogagem coletiva

2 Flares 2 Flares ×

O tema desta blogagem coletiva é a ‪#‎MuseumWeek, que termina hoje. Por isso, vários membros da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV) estão participando dessa brincadeira, indicando qual é seu museu preferido na Europa. A ideia é que muitos museus não óbvios sejam apresentados, explicados e divulgados.

‪#‎MuseumWeek está fazendo muito sucesso nas redes sociais e há muitos blogueiros brasileiros comentando o assunto. Resolvi não ficar de fora dessa.

Como não é segredo para ninguém que eu adoro museu e adoro história, resolvi abordar o Museu Carnavalet, de Paris, o museu que “conta” a história da cidade.

Talvez a pouca fama do Carnavalet consista no fato de ele estar localizado numa cidade repleta de museus fabulosos e atrações famosas. Azar de quem não tem tanto tempo para perambular por Paris.

Descubram minhas razões para gostar do Carnavalet.

1 – Localizado no Marais

O charme do Carnavalet começa por sua localização: o bairro Marais. Este é um local onde alguns traços medievais de Paris foram preservados: ruas estreitas, construções altas e coladas uma na outra.

2 – É gratuito

Outra vantagem do museu é sua gratuidade, o que é excelente, não apenas pelas razões óbvias de não gastar dinheiro, mas por nos facilitar o retorno ao museu inúmeras vezes, conforme eu fiz.

3 – Obras podem ser fotografadas

Como o museu pertence ao Estado francês, não somos proibidos de fotografar as obras. Muito bom!

4 – Combinação entre arte e história

Esse museu conta a história de Paris por meio de pinturas e objetos. São três grandes andares organizados por período da história da França: Terceira república, Comuna de Paris, Período de Terror… Enfim, todos os episódios que estudamos na escola.

DSC_0837

Há ruas, monumentos e lugares que já visitei por aqui, como Montmartre, retratados em quadros, imagens do início do século XX. Há quadros representando a condução de Maria Antonieta à guilhotina. Ao ver isso, descobri que ela foi guilhotinada na Place de la Concorde. Muito legal aprender essas coisas! Vi imagens de personagens históricos que eu não tinha noção de como eram. A imagem que eu tinha de Danton é a de Gérard Depardieu por causa do filme com o nome do personagem.

DSC_0840_thumb.jpg

Além disso, há mais duas partes interessantes: uma que destaca os hábitos e os costumes franceses do fim do século XIX e início do século XX, como estes móveis em art nouveau, uma reconstituição do Café de Paris, de 1899.

DSC_0307

A outra parte é sobre objetos, sobretudo aquelas molduras que antigamente usavam no lado de fora das casas, como não lembro do nome, vou mostrar uma foto.

DSC_0305_thumb.jpg

Antigamente, até o século XVIII, utilizavam isso porque as casas não tinham número. Então, esses ornamentos em madeira ou metal eram utilizados para identificar o proprietário. Creio que tinham a mesma finalidade dos brasões. Essa prática perdurou até o começo século XX, mais por hábito do que por necessidade.

Enfim, é um museu que recomendo fortemente. Sempre o indico aos meus amigos, os quais depois me agradecem pela dica.

Vejam outros blogs membros da RBBV que também estão participando dessa blogagem coletiva sobre a ‪#‎MuseumWeek‬ e descubra museus incríveis e talvez pouco conhecidos pela maioria. Confiram os posts destes blogs:

Brasil na Itália – MAV, Museo Egizio di Torino, Muse, MAXXI

Cantinho de NáNaturhistorisches Museum Wien (Museu de História Natural de Viena)

ColeçãoMuseu Nacional de Belas Artes – Rio de Janeiro

Felipe, o pequeno viajanteMuseu Botero – Bogotá, Colômbia

Gosto e ProntoMasp – São Paulo

Já fomos Museu de História Natural – Washington D.C.

London, sô! Museus gratuitos em Londres

Outside Brazil – Museum of Anthropology – Vancouver BC

Passeios na Toscana – Bargello, Casa Martelli e Museo Stibbert – Florença

Segredos de Londres – Tate Modern – Londres

Sol de Barcelona – Museu de História de Barcelona

Vida de Turista – Museu do Mar – São Francisco do Sul

Viaje com Pedro – Museum of  Broken Relationships – Zagreb, Croácia

6 Comments on Museu Carnavalet: o preferido – blogagem coletiva

  1. Carmen, sou uma apaixonada por Paris, aliás por viagens em geral. Nas minhas infindáveis pesquisas, todas as noites, descubro verdadeiras preciosidades, como o seu blog, tão bem escrito, tão interessante e repleto de conhecimento. Vamos estar sempre juntas!
    Abraço!
    Wanice

    • Muito obrigada, Wanice!

      Apesar de ter acabado meu estágio em Paris (voltei a SP no começo de março), ainda estou com alguns posts sobre Paris para publicar. Vou tentar me organizar para concluir meu “serviço”.

      Bjs e obrigada

  2. Eu AMEI esse museu, de longe o que + gostei em Paris!!!! Isso foi lá em 2003 e desde então sempre visito o museu de história da cidade (Amsterdã, NY, Londres, etc), mas nenhum foi tão bom como esse!

    • Oi, Fernanda.
      Eu também adoro o Carnavalet. A cada vez que o visito aprendo mais um montão de coisas. Também já visitei o museu da história de Londres e confesso que também prefiro o Carnavalet.
      Um abraço,

4 Trackbacks & Pingbacks

  1. Blogagem Coletiva: Museum Week - Gosto e ProntoGosto e Pronto
  2. Passeios na Toscana - Meus 3 museus preferidos em Florença, fora da rota turística - #MuseumWeek | Passeios na Toscana
  3. Museu Nacional do Mar - São Francisco do Sul - SC - Histórias do mar!
  4. Museus Mais Visitados de Londres (e gratuitos!) - London, sô! : London, sô!

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*


Translate »
2 Flares Twitter 2 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- 2 Flares ×