Sobre ver o mundo

Este blog trata de percepções, impressões e expressões resultantes do contato de diferentes realidades. Essas realidades podem ser exteriores ou interiores, considerando diferentes modos de viver, de pensar e de agir, resultando numa verdadeira viagem, seja ela literária, seja por territórios longínquos, seja uma ego trip.

Por isso, começo expressando fatos sobre mim para ajudar vocês a terem impressões sobre o blog. 

Carmem Lúcia

IMG_20150126_111233132[1]

Moro em São Paulo, sou bibliotecária e formada em Letras. Gosto de conhecer como as pessoas vivem, se relacionam, se divertem, se alimentam… pelo mundo afora. Por isso, adoro viagens! Geográficas, literárias, gastronômicas, cinematográficas… Tudo junto e misturado.

Conto também com a ajuda de uma colaboradora:

 Andreia Lima

IMG_6026 (1)

Especialista em gestão de tecnologia da informação por profissão, entusiasta em História Oral por opção e amante da gastronomia por vocação. Tem como parceira de vida a comida: na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na fartura e na rareza, até que a morte as separe.

 

Espero que aproveitem o conteúdo e expressem suas impressões.

3 Comentários

  1. Olá Carmen Lúcia, me chamo Jussara, tenho 53 anos e pela segunda vez, estou me preparando para prestar vestibular na UFRGS.Como sou dona de casa, não tenho muito tempo para me dedicar aos estudos, porém, neste momento estou me dedicando com mais afinco nas leituras obrigatórias 2018 exigídas pela universidade.Quero te dizer que seu blog caiu como uma luva para este momento, pois,me deixou muito mais entusiasmada com as leituras que devo fazer.
    Suas análises sobre os livros da Clarice Lispector me deram uma luz a cerca das poucas leituras que fiz na curiosidade de conhecer os escritos da escritora.Certo dia, numa angústia de dona de casa, me vi sedenta de algo me explicasse ou me dessem respostas às minhas questões, e me deparei numa livraria com o livro exposto – Como Clarice Lispector pode mudar sua vida (Simone Paulino – BUZZ), é um livro curto que fala como você diz: visceral porque a autora te mostra como principiantes podem vir a gostar de ler Clarice pelo aspecto existencial de cada um.Quando assisti seu blog, enlouqueci, queria ler todas as obras de Clarice, mas, seguirei suas sugestões, apesar de me ver, de certa forma, na narrativa de a Paixão segundo G.H. e tantos outros que você citou.
    Adorei seu Blog, suas dicas,suas interpretações, análises dos livros, me abriu o leque de opções de leituras do qual antes não tive instrução escolar, nem tão pouco, tempo e hábitos que me levassem a fazê-los; a minha força de vontade unida a necessidade/curiosidade de assistir seu Blog, abriu o meu leque para entender o mundo, nossos dramas, o cotidiano através da sua humildade de dividir com nós o que você gosta de fazer.
    Obrigada, sou muito grata,grande abraço.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*