Castelos do Vale do Loire: como chegar de trem ou de ônibus

0 Flares 0 Flares ×

Famosos pela beleza ou pelo lastro histórico, os castelos do Vale do Loire são muito visitados. Boa parte dos turistas chegam a eles de carro ou por excursão, mas também é possível conhecer os castelos do Vale do Loire por transporte público, ônibus ou trem.

Também é comum a pernoite em uma das cidades próximas ao castelo, as mais requisitadas são Tours e Blois, para visitar um número maior de castelos. Os que tiverem pouco tempo, podem fazer um bate-e-volta, a partir de Paris, para conhecer dois ou três châteaux, a depender da disposição. De Paris a Tours por trem são cerca de 2h de viagem e de Paris a Blois, 1h40. O valor bilhete sempre dependerá o período e do horário escolhidos e da antecedência da compra. Comprar o bilhete para Tours para um período de baixa temporada (outubro a maio) com dois meses de antecedência custa em torno de 20 euros por trecho; para Blois, em torno de 10 euros por trecho.

A partir dessas cidades é possível conhecer os principais castelos, que são: Blois, Chambord, Cheverny, Amboise, Chenonceau, Villandry, Azay-le-Rideau e Langeais  Mas também há o châteauzinho onde morou Leonardo da Vinci, o Clos Lucé, que é bem interessante, embora menos famoso.

Como chegar ao château de Blois

Esse é o château com maior importância histórica entre todos os do Vale do Loire.

Para chegar ao castelo de Blois a partir de Tours, pegue o trem e desça na estação de Blois. A duração do trajeto é de mais ou menos 40 minutos, e o valor do bilhete é de 10,60 euros por trecho.

A partir da estação de Blois, siga a rua em frente, acompanhando as placas indicativas e chegará ao château em 10 minutos.

+ Château de Blois: um castelo de história sangrenta

Como chegar ao château de Chambord

Esse château é o maior do Vale do Loire e foi projetado por Leonardo Da Vinci.

Ele é mais próximo de Blois. Como não há estação de trem em Chambord, é necessário pegar um ônibus. Durante o período de férias de verão (julho a meados de setembro), há vários ônibus diários para Chambord, da companhia TLC, que saem em frente à estação de trem de Blois. Nos outros meses, há apenas ônibus na quarta e no sábado em horários restritos. Consulte aqui os horários no site da companhia de ônibus TLC. A estação de partida é SNCF e a de chegada é a Le Marronier, linha 2 da TLC.

Como chegar ao château de Cheverny

Esse château é famoso pelas histórias de Tintin.

Assim como ocorre com o castelo de Chambord, não há estação de trem em Cheverny. O procedimento para chegar a esse castelo é o mesmo utilizado para ir a Chambord. A estação de partida é SNCF e a de chegada pode ser a L’Orme ou a Marie, linha 4 da TLC. Consulte aqui os horários dos ônibus.

Como chegar ao château d’Amboise

A fama desse château se dá, principalmente, por nele estar o túmulo de Leonardo Da Vinci.

De Tours a Amboise o trajeto dura cerca de 18 minutos, o valor do bilhete é de 5,40 euros por trecho. De Blois a Amboise também sãos uns 18 minutos, mas o valor do bilhete é de 6,80 por trecho. De trem direto a partir de Paris são mais ou menos 1h40.

Saindo da estação, basta você seguir pela rua em frente, acompanhando as placas indicativas, num trajeto de uns 20 minutos. O percurso é agradável, você terá que atravessar o rio Loire por essa ponte.

A partir da ponte, olhando para o lado, verá esta paisagem:

Olhando para frente, verá o castelo de Amboise:

Vale do Loire, França

+ Château d’Amboise: onde jaz Leonardo Da Vinci

Como chegar ao château Clos Lucé

Esse château foi a última morada de Leonardo da Vinci. Ele fica próximo ao château d’Amboise. A imagem abaixo é da entrada do Amboise.

Vale do Loire, França

Ao lado dessa entrada, há uma rua bem movimentada e cheia de placas indicativas ao Clos Lucé. Numa caminhada de uns 10 minutos, você chegará a ele.

+ Clos Lucé e as engenhocas de Da Vinci

Como chegar ao château de Chenonceau

Esse château é mais próximo de Tours. De trem até Chenonceaux são cerca de 40 minutos, o valor do bilhete é de 6,60 euros por trecho. De trem a partir de Paris em 2h25, com baldeação em St.-Pierre-des-Corps.

Chegando à estação, saia a esquerda que já encontrará a bilheteria do château. Você seguirá por esse caminho:

E depois  avistará esta imagem:

Vale do Loire, França

+ Chenonceau: o castelo das damas

Como chegar ao château de Villandry

Esse château é famoso por seus jardins maravilhosos. Ele é mais próximo de Tours, mas não há uma estação de trem próxima a ele, por isso, é necessário pegar um ônibus. Durante o período de férias de verão (julho e agosto), há vários ônibus diários para Villandry, da companhia Fil Vert, linha V, que saem em frente à estação de trem de Tours. Nos outros meses, há apenas ônibus na quarta e no sábado em horários restritos. A estação de partida é SNCF e a de chegada é a Villandry Office de Tourisme. Consulte aqui os horários dos ônibus.

Como chegar ao château d’Azay-le-Rideau

Para chegar ao castelo Azay-le-Rideau a partir de Tours, pegue o trem sentido Chinon e desça na estação Azay-le-Rideau. A duração do trajeto é de mais ou menos 50 minutos, e o valor do bilhete é de 12,90 euros por trecho.

A estação de trem de Azay-le-Rideau fica a uns 2,5km do castelo. Se optar por ir a pé, gastará de 30 a 40 minutos. Siga as placas indicativa e se distraia com paisagens como esta.

Chegando ao château, você passará por esse caminho de ciprestes:

DSC_0220_thumb.jpg

Caso não queira caminhar tanto, você pode ir até o castelo de ônibus, a partir de Tours, utilizando o mesmo procedimento, o mesmo ônibus, para chegar no château de Villandry. A diferença é que a estação de chegada é a Azay-le-Rideau. Consulte aqui os horários dos ônibus.

+ Château Azay-le-Rideau

Como chegar ao château de Langeais

Para chegar ao castelo de Langeais a partir de Tours, pegue o trem sentido Saumur e desça na estação Langeais. A duração do trajeto é de mais ou menos 16 minutos, e o valor do bilhete é de 5,40 euros por trecho. A estação de Langeais fica a uns 400 metros do castelo.

Se você se interessou pelos destinos citados acima, mas não se anima e fazer os passeios por conta, sugiro que contrate a Paris City Vision, agência de confiança, da qual utilizei os serviços e gostei muito. Uma grande vantagem é que você poderá acertar tudo em português. Veja aqui as opções de excursões para o Vale do Loire.

+ Dicas

Consulte horários e preços no site da companhia de trem da França, a SNCF.

Utilizando os transportes públicos, evite ir aos fins de semana, pirncipalmente no domingo, quando não há muita disponibilidade de horário de ônibus e trens.

Há um site sobre os castelos do Vale do Loire com todas as informações práticas sobre cada um deles. Pesquise principalmente o horário de funcionamento de cada castelo, pois é bem variável. 

Muito +

Veja o álbum fotográfico do Vale do Loire

Veja os posts sobre castelos do Vale do Loire

Veja posts sobre palácios e castelos

Veja a série Parada em Paris

7 Comentários

  1. Carmem

    Estarei em Blois entre 24 e 26/09. A maior dificuldade em ir de transporte para os castelos que estou interessado em visitar é o Chambord. Pela minha interpretação do link da TLC que você passou tem ônibus segunda, terça, quinta, sexta e sábado saindo da estação de blois. Nas quartas tem que pegar em outro ponto. Será que a minha interpretação errada, pois você colocou no post que só tem ônibus nas quartas e sábados.Outra coisa é que o calendário de horário é somente até 31 de agosto. Será que vão atualizar a partir de setembro? Desde já agradeço a atenção.

    • Oi, Marcio.

      Chequei o site da TLC, mas eles ainda não fornecem os horários dos ônibus para setembro.Devem atualizar a partir de setembro mesmo. Quanto aos ônibus de quarta e sábado, quando fiz esse post me referia ao ano passado, agora não dá para ter certeza. É melhor esperar os horários para o mês de setembro. Só posso te afirmar uma coisa. A partir de setembro, quando acabam as férias escolares na França, os horários e dias de ônibus para os castelos são bem restritos.

      Um abraço e boa viagem.

  2. Boa tarde,
    Chego em Paris dia 4 de novembro com meu marido . Pretendemos conhecer o vale do loire , procuramos as agência aqui de Aracaju e encontramos o transfer mais o passeio por R$940 por pessoa . Achamos caro , vc tem alguma sugestão de como chegamos lá ? Passaremos só um dia .
    Muito obrigada

    • Olá, Marcella!

      Realmente esse valor é muito caro. Vocês podem ir de trem, que é mais barato.Se comprarem as passagens no site http://www.voyages-sncf.com/billet-train (escolha o idioma em espanhol ou em inglês). Se vocês comprarem com uns 2 meses de antecedência, pagarão um bom preço. Vocês podem comprar as passagens para Blois ou para Tours e a partir de lá visitar os castelos. Vejam quais castelos querem conhecer para decidir para qual cidade irão (Blois ou Tours). Creio que expliquei com maiores detalhes no post acima.
      Abraços e boa viagem.

  3. Olá,

    Passarei dez dias na França, 8 em Paris e 2 em Tours. Seu blog tem sido uma ferramenta importante na montagem do roteiro. Achei interessante a forma como foram expostos alguns dos pontos turísticos, não somente pelas informações, mas principalmente pelas impressões pessoais então relatadas. Gostaria de sua ajuda, se possível, em relação a Tours, eis que lá dormirei duas noites e tenho algumas dúvida sobre a locomoção.Tenho a intenção de conhecer os castelos sem excursão e sim por transporte público. É fácil chegar em Chenonceau por trem ou ônibus? Saindo de Tours, é possível conhecer Chambord e Amboise também por transporte público? Como é a vida noturna em Tours? Há alguma recomendação de bares e restaurantes?

    obrigado e parabéns pelo blog!

    • Olá, Pablo!

      Obrigada pelo elogios. A partir de Tours é bem fácil ir a Amboise e a Chenonceaux de trem. Chambord é mais próximo de Blois. No poste acima, você tem descrito a melhor forma de chegar nesses castelos por trem. Se sua passagem por Tours for durante a semana, suas opções de transporte público serão melhores, pois no fim de semana os horários são limitados. Não tive oportunidade de curtir a vida noturna de Tours porque passei apenas uma noite lá e tive que dormir cedo porque levantaria bem cedo no dia seguinte para visitar castelos. Contudo, no centro de Tours, região perto da estação de trem, vi que há restaurantes bem interessantes. Espero ter ajudado. Boa sorte e boa viagem. Um abraço,

      • Muito obrigado! Vou me informar acerca dos horários dos ônibus que vão de Blois a Chambord. Um abraço

Comments are closed.