Conhecer São Paulo: Páteo do Colégio

0 Flares 0 Flares ×

Não consigo explicar porque ainda não havia feito um post bem detalhado sobre um dos principais pontos turísticos e históricos de São Paulo. Sim, estou me referindo ao…

Páteo do Colégio

Mas espere um pouco. Antes de falar o que é o Páteo do Colégio, esse complexo prá lá de interessante, vou falar o que ele foi, ou o que foi o que estava no lugar dele quando ele ainda não era. Confuso? Continue lendo.

A construção da imagem acima não é tão antiga quanto o seu estilo colonial quer nos fazer crer. Ela data do final da década de 1970, mas tem essa arquitetura em referência à antiga igreja que existia exatamente no local. Porém, depois dessa antiga igreja, no espaço funcionou o…

Palácio do Governo

Resultado de imagem para palácio do governo são paulo pateo do collegio

Esse Palácio, construído no mesmo local onde funcionou o Colégio dos Jesuítas (daí o nome “Páteo do Colégio”), foi a sede do governo do estado de São Paulo de  1767 a meados de 1910. Mas vejamos imagens mais antigas do que a acima.

Resultado de imagem para palácio do governo são paulo pateo do collegio Resultado de imagem para palácio do governo são paulo pateo do colegio

Imagens deste link

Olhando as imagens acima, podemos pensar que nada nos remete à paisagem atual do mesmo espaço. Contudo, repare bem. Veja que parte da construção (à direita das imagens) é muito parecida com a igreja da imagem deste post. Isso acontece porque a igreja atual foi construída no mesmo lugar e nos moldes da antiga. A igreja antiga, ruiu e/ou foi demolida em 1896/1898.  

Imagem deste link

 Nessas imagens percebemos que o torreão substituiu a antiga capela. Na imagem abaixo vemos que o Monumento da Fundação da Cidade de São Paulo, que existe até hoje, já estava presente e o Palácio já não era cercado. 

Resultado de imagem para palácio do governo são paulo pateo do collegio

Imagem deste link

Vejam o monumento atualmente:

20160915_140138

Por volta de 1910, a  sede do governo paulista foi transferida para o Palacete Elias Chaves, nos Campos Elíseos. Desde esse período até 1953, o Palácio abrigou a Secretaria de Educação. Foi em 1953 que o local foi devolvido à Companhia de Jesus e o Palácio foi demolido para a reconstrução do Colégio dos Jesuítas, o famoso Páteo do Colégio como o conhecemos hoje.

Aliás, que conhece o espaço nos dias atuais e vê a mensagem abaixo na parede, pensa que desde o século XVI apenas funcionou o colégio dos jesuítas que fundaram a cidade. Por isso, fiz o sempre importante regresso histórico. 

20151001_165157

Voltemos ao nosso Páteo do Colégio, mas continuemos com a história.

20160303_123359[1]

Ao atender ao pedido de Manoel da Nóbrega que solicitava reforços para a atividade de evangelização, José de Anchieta veio para o Brasil, aportando na em Salvador, em 1553. Sua trajetória: 3 meses em Salvador e 12 anos na Capitania de São Vicente, durante esse período em São Vicente, com Manuel da Nóbrega,  ajudou a fundar, em 25 de janeiro de 1554, no planalto de Piratininga, do Colégio de São Paulo, o colégio de jesuítas, embrião da cidade de São Paulo. Tudo isso justifica as informações que constam na segunda imagem acima.

Passemos à parte prática e contemporânea. O Páteo do Colégio é, na realidade, um complexo composto por igreja, museu, cripta, biblioteca e café-restaurante. Vamos a cada um desses espaços.

Igreja São José de Anchieta

20160630_130835

Depois de tudo que relatei, é evidente que essa igreja não poderia ter outro nome, né? Ela foi edificada no lugar em que foi rezada a missa que deu origem à cidade e onde era a igrejinha de séculos antes, que vimos nas primeiras imagens deste post. 

20160630_131456

Apenas em 1979 foi construída a igreja que vemos hoje. 

20160630_130914

Como eu já havia dito, o estilo arquitetônico é colonial. Há predominância do branco e do azul por toda parte. Sem falar nos azulejos que nos remetem a Portugal. 

20160630_131435 20160630_131346
20160630_131552 20160630_131518

Achei bonita a mensagem abaixo. 

20160630_131412

Eu já adiantei que há um museu por aqui, mas o interessante é que igrejinha já vemos objetos museológicos.

20160630_131228 20160630_131233

Na imagem acima temos uma cópia do decreto que trata da beatificação de José de Anchieta. Na imagem abaixo, temos uma grande relíquia: o fêmur do Anchieta.

Imagem deste link

Agora, vou tratar de outro espaço super legal, mas onde, infelizmente, não é possível tirar fotografias.

Museu Anchieta

20160702_152104

Na furtiva imagem acima, temos a maquete do que era a cidade de São Paulo há séculos atrás. Pela imagem não é possível perceber, mas observando a maquete pessoalmente, entendemos porque o lugar era chamado de  “Planalto do Piratininga”. Entendemos também porque houve, até pouco tempo ainda havia, tantas enchentes no centro de São Paulo.

20160630_132037

O acervo do Museu Anchieta é composto por objetos de arte sacra. Vemos aqui muitas referências do início da formação da cidade e há muitas relíquias também, como manto do Anchieta etc.

20160702_162336

A escada da imagem acima nos conduz a outro espaço que também não pode ser visitado: a cripta. Atualmente a cripta está desativada e serve como uma extensão do espaço de exposição do museu. A título de curiosidade, o corpo do cacique Tibiriçá, primeiro, ou um dos primeiros, índio batizado por Anchieta, está na cripta da Catedral Sé.

Eu disse que também há uma biblioteca nesse complexo, lembra? Infelizmente, não tive oportunidade de visitá-la porque funciona com agendamento. Mas fica a dica para quem quer pesquisar documentos sobre a cidade de São Paulo.

Passemos à parte boa:

Café do Páteo

20160630_132117

É um café, mas também é um restaurante. O estilo da decoração também é colonial, e pelas paredes há várias referências em quadros da evangelização dos índios pelos jesuítas.

20160630_132102

Acredite em mim: aqui é servido um dos melhores cafés de São Paulo. Sempre que posso, não perco a oportunidade de apreciar a bebida.

20160630_132223

Para provar que aqui também restaurante, vejam duas opções de risotos:

20160702_143058 20160702_143106

A parte mais agradável desse complexo é esse “quintal” ou “jardim de inverno”, se preferir.

20160630_133435 20160630_133633

 É uma delícia perambular por esse espaço.

20160630_133602

Vemos um pouco de tudo por aqui. 

20160630_133419 20160630_133508

Repare nessa parede com vidros. 

20160630_133723

Agora mais de perto. É uma parede de taipa de pilão, construída em 1585. É uma relíquia tanto quanto o fêmur do Anchieta.  

20160630_133837

Muito legal terem mantido essa parede original. Mas não temos apenas esse resquício de edifício antigo por aqui. Repare ma imagem abaixo.

 

20160630_133624

É o que restou de um dos pilares do Palácio do Governo, há mais de um por aqui.

Agora vou tratar de um ponto histórico. 

20160630_133706

Foi nesse ponto, ao lado da parede de taipa, que o Papa João Paulo II celebrou a primeira missa após a beatificação de José de Anchieta. Veja a comprovação do que falo: 20160630_133650

É isso aí! Após este imenso post espero ter te convencido a visitar o Páteo do Colégio. 

Páteo do Colégio 
Pateo do Collegio, 2, Sé
(11) 3105-6898
De terça a domingo, 9h – 17h 
Visita guiada: agendamento de segunda a sexta, 13h – 17h

Muito +

Veja toda a série Conhecer São Paulo

Veja a série O que fazer em São Paulo

Veja a série São Paulo que vale a pena

Veja a série Comer em São Paulo