História das receitas: carpaccio

1 Flares 1 Flares ×

Como o nome já nos indica, o carpaccio foi criado na Itália em meados do século XX. O contexto de sua criação é bem curioso. Vem comigo!

Em Veneza há um bar bem famoso e tradicional, o Harry’s Bar (já falei dele aqui).

DSC_0830.jpg

Uma amiga do dono do Bar, a condessa Moncenigo, assídua frequentadora do espaço, por recomendação médica não poderia comer carne assada ou cozida porque tinha que tratar uma anemia. O médico recomendou uma dieta com alimentos crus. 

Imagem deste link

Ela manifestou muito nojo ao imaginar carne crua, diante disso, o amigo Giuseppe Cipriani, foi até a cozinha cortou uma carne em fatias muito finas. Para tirar o sabor de cru e, ao mesmo tempo cozinhá-la sem levá-la ao fogo, ele fez um molho a base de suco de limão (com potencial de cocção), maionese, molho inglês, leite, pimenta do reino e sal. Assim surgiu o prato.

Imagem deste link

O nome do prato é uma homenagem ao pintor Vittore Carpaccio, muito apreciado por Cipriani, que utilizava em suas obras um tom de vermelho bem forte. Vejam acima um retrato pintado pelo artista.

Imagem deste link

Cipriani gostava tanto de arte que se inspirou em outro artista para compor o prato. As obras de Kandinsky, um dos precursores da arte abstrata, foram fonte de inspiração para Cipriani, que imitou as linhas das composições do pintor russo na disposição do molho sobre a carne.

Imagem deste link

A partir dessa receita original várias outras foram elaboradas. Hoje em dia há carpaccio de outras carnes, de legumes e de frutas; o molho também varia e outros ingredientes também foram acrescentados, como queijo parmesão, alcaparra, folhas etc. Atualmente, o que torna um carpaccio  carpaccio é um prato feito com algo cortado em lâminas finas e temperados com molho ácido.

No Brasil, o prato chegou uns 20 anos depois de sua criação, na década de 1970. Como os brasileiros são bem abertos a inúmeras variações gastronômicas, o prato é um sucesso por aqui.

Viagem na gastronomia, pois a vida pode ser mais gostosa!

Muito +

Veja toda a série História das receitas 

Veja a série História das coisas