História das receitas: tiramisu

0 Flares 0 Flares ×

Dessa vez, vamos à Itália para descobrir a origem de um doce fabuloso.

Sabemos que o tiramisu surgiu na Itália, mas dessa vez a polêmica é sobre a região de origem: Piemonte? Lombardia? Veneto? Toscana?…  Todas essas regiões reivindicam a paternidade do doce, o que é bom, pois sabemos que filho feio não tem pai; se há muitos “pais” para o doce é porque ele realmente se destaca, para dizer o mínimo.

A região mais provável para origem da sobremesa é a Toscana, no século XVII, época em que viveu o grão-duque da região, Cosimo de Medici, que adorava doces. Para agradar o grão-duque, alguns confeiteiros resolveram fazer um doce especial, assim surgiu a zuppa del duca, uma sobremesa criada com ingredientes simples e que rapidamente se difundiu por toda a Itália.

Como a zuppa del duca tornou-se tiramisu? Diziam que os ingredientes do doce eram afrodisíacos (tiramisu significa algo como “saio de mim”). A sobremesa fazia sucesso dentre os nobres.

Se é afrodisíaco, é melhor conhecermos os elementos constitutivos do prato. Tiramisu é um tipo de pavê feito com biscoito champagne molhado no café bem forte, um creme a base de mascarpone (queijo cremoso italiano) e ovos, polvilhado com cacau em pó. 

A princípio, o doce era feito apenas com o mascarpone, ovos e o biscoito champanhe. Nada de afrodisíaco nisso. Porém, com a popularização do doce, a receita foi incrementada, ocasião em que foram acrescentados o café e o chocolate. Aí, sim. Acho que esses dois ingredientes são os responsáveis pelo efeito energético.

Reza a lenda que esse doce era sempre degustado nos encontros amorosos. É foi por acaso que o tiramisu se difundiu rapidamente por todo o país.  Não demorou muito para ficar popular também entre os turistas, e aos poucos vai ganhando o mundo. Eu adoro!

Viagem na gastronomia, pois a vida pode ser mais gostosa!

Muito +

Veja toda a série História das receitas 

Veja a série História das coisas

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*