Nova York: Museu de Arte Moderna (MoMA)


0 Flares 0 Flares ×

Não há como negar: Nova York tem alguns dos melhores museus do mundo. Já andei falando do museu de História Natural por aqui.

+ Museu de História Natural de Nova York

Neste post tratarei de um museu de arte incrível:

Museu de Arte Moderna (MoMA)

DSC_0516

Neste museu há o melhor acervo de arte moderna e contemporânea que já vi. Refiro-me a variedade de artistas, não à quantidade. A arquitetura do museu já é algo que merece atenção.

DSC_0526

As exposições temporárias são interessantíssimas! E olhem que é difícil gostar de arte contemporânea, hein?

DSC_0525

Vejam só essas maquetes em exposição. Passe o mouse sobre a imagem e descubra o que é.

20160610_171601

20160610_171642

20160610_171713

20160610_171911

20160610_171807

20160610_171446

Bem, agora vamos ao acervo permanente. Contudo, antes de entrar, exploremos o jardim.

DSC_0518

No Jardim das Esculturas há belas obras. 

DSC_0523 DSC_0521
DSC_0520 DSC_0519

Além desse jardim há mais uns 5 ou 6 andares com exposições permanente e temporárias. Passemos a elas.

O principal motivo que me fez querer conhecer esse museu foi esta obra: 

Há outras obras de Picasso por aqui, mas além de Les Demoiselles d’Avignon, destaco  esta:

A segunda obra que me fez querer visitar o MoMA foi esta:

Também há outras obras de Matisse por aqui, mas essa é a principal.

Outro destaque do MoMA é este quadro de Van Gogh:

Este outro também é legal e ainda há mais Van Gogh por aqui.

Já que falei de Van Gogh, vou mostrar uma linda obra do amigo dele, o Paul Gauguin, por quem Van Gogh cortou a própria orelha.

Esta obra também é famosa:

Também há uma sala só com obras de Monet, trago uma apenas para representar:

20160610_184727

Outra obra importante:

Destaco ainda este quadro  de Edvard Munch:

Parece ser já um ensaio para O grito, vejam:

Mas O grito não pertence ao MoMA, hein? É bom avisar. Só coloquei a imagem para comparação.

É interessante notar os “ensaios” de Mondrian antes de chegar à sua fase mais conhecida:

20160610_175406

A evolução da imagem anterior são estas famosas composições com cores primárias.

Outro artista que conhecemos mais por sua fase posterior é Paul Klee:

Percebam que ele passou pela natureza morta até chegar a isso:

Além daqueles murais enormes que vimos nos post sobre a Cidade do México, Diego Rivera também namorou o cubismo.

Agora, uma obra bem legal, que representa o Futurismo italiano:

Reparem bem na imagem abaixo e considerem se não há algo familiar nos traços e nas cores. É do Fernand Léger, que foi professor de Tarsila do Amaral, percebemos semelhança nos traços dos dois.

Dentre as obras mais contemporâneas, destaco esta do Duchamp.

A famosa imagem das latas de sopas Campbell, de Andy Warhol:

20160610_180004

Também do mesmo autor, as repetições coloridas do rosto de Marilyn Monroe.

Não posso deixar de citar Lichtenstein e sua arte-HQ…

… os pingos de Pollock:

20160610_182835

e a arte de Basquiat:

20160610_190408

Sei que não é todo mundo que gosta de arte contemporânea, mas há muita arte moderna aqui e vi coisas contemporâneas de bom gosto,  o que não é tão comum assim. Se você passar por Nova York, de deixe de ir a esse museu. É imperdível!

Se você quiser comprar ingressos com antecedência e com desconto para espetáculos da Broadway e outros espaços, clique aqui.

Muito +

Veja todos os posts sobre Nova York

Veja também o álbum fotográfico de Nova York