O que fazer em São Paulo: centros culturais

0 Flares 0 Flares ×

 Bem, agora chegou a vez de falar do centros culturais de São Paulo. Vocês sabem que já falei exaustivamente dos museus, né? Não viu?

+ O que fazer em São Paulo: museus

Neste post vamos continuar a perceber que a maior parte dos dispositivos culturais de São Paulo são gratuitos. Confiram!

Centro Cultural Banco do Brasil

IMG_20150118_120140848[1]

O CCBB é meu xodó: arquitetura linda e tem uma das melhores programações culturais de São Paulo. Creio que o diferencial do espaço está na grandes exposições de acervos de grandes museus europeus, ótimas mostras de cinema de circuito muitas vezes alternativos e teatro de qualidade. Já falei sobre ele:

+ Conhecer São Paulo: Centro Cultural Banco do Brasil

Centro Cultural Banco do Brasil 
Rua Álvares Penteado, 112, Centro
(11) 3113-3651
De quarta a segunda, 9h – 21h
Visita guiada: agendamento (11) 3113-3649
Grátis

Centro Cultural São Paulo

DSC_0077

Espaço público e cultural por excelência, esse centro cultural é um dos principais da cidade. Aqui há biblioteca, cursos, exposições, teatro, mostra de filme, dança etc. Passando por aqui, não se esqueça de apreciar a escultura Eva, de Brecheret. Veja meu post detalhado sobre esse espaço:

+ Conhecer São paulo: Centro Cultural São Paulo

Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso
(11) 3397-4002
De terça a domingo, 10 – 19h
Grátis

Caixa Cultural

20160520_131507

Passando em frente, não é todo muito que sabe ou imagina que o enorme edifício da Caixa Econômica Federal da Sé abriga um centro cultural com atividades bem interessantes. Nesse espaço, além do lindo vitral da imagem acima que ajuda a contar a história de São Paulo, há museu, exposições, espetáculos e cursos. Já falei desse espaço (inclusive expliquei o significado das imagens do vitral).

+ Conhecer São Paulo: Caixa Cultural 

Caixa Cultural
Praça da Sé, 111
(11) 3321-4400
De terça a domingo, 9h – 19h
Grátis

Memorial da América Latina

DSC_0001

O Memorial da America Latina é enorme, tem várias instituições com atividades. O objetivo do espaço é difundir a cultura e as artes dos paises da América Latina. Fiz um post específico (que está lindo) para ele:

+ São Paulo que vale a pena: Memorial da América Latina

Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda 
(11) 3823-4600
De terça a domingo, 9h – 18h
Grátis  

Centro Cultural Africano

centro cultural africano facebook dia da consciência negra

Imagem deste link

O objetivo desse centro é difundir a cultura africana por meio de diversas manifestações culturais: gastronomia, palestras, arte etc.

Centro Cultural Africano
R. Gáspar Ricardo Júnior, 112, Barra Funda
(11) 3392-7228 | (11) 3392-5291

Casa das Áfricas

casa das áfricas facebook

Imagem deste link

Instituto cultural, de formação e de estudos sobre sociedades africanas. Aqui há cursos, seminários, exposições etc., além de uma biblioteca.

Casa das Áfricas
Rua Harmonia, 1150, Vila Madalena 
(11) 3801-1718

Centro Cultural do Candomblé

Imagem deste link

Esse centro tem o objetivo de promover e ensinar a doutrina e os rituais do candomblé. Também há interesse pela inclusão e pela valorização da cultura negra.

Centro Cultural do Candomblé
Rua do Bosque, 246, Barra Funda 
(11) 3392-5572

Unibes Cultural

Imagem deste link

Esse é um espaço da comunidade israelita. É voltado para cinema, exposição, música etc. com exposições, cursos, palestras, teatro, oficina etc. Um dos destaques é o Diálogo no Escuro, uma experiência sensorial que nos aproxima do cotidiano das pessoas que não podem enxergar. 

Unibes Cultural
Rua Oscar Freire, 2.500, Sumaré 
(11) 3065-4333
De segunda a sábado, 10h – 19h

Centro Cultural da Marinha de São Paulo 

Imagem deste link
 
Esse centro cultural é dedicado à guerras. Em seu acervo permanente há artefatos navais,  fotos e painéis com detalhes sobre a Primeira e Segunda Guerras Mundiais, objetos da Guerra do Paraguai, maquetes e vídeos institucionais, artefatos navais como munições e outros equipamentos diversos. 
 
Centro Cultural da Marinha de São Paulo
Av. Nove de Julho, 4597, Jardim Paulista 
De terça a sexta, 13h – 17h | Sábados e domingos, 10h – 17h
Grátis 
 Casa das Rosas 

image036.jpg

Quer conhecer uma espaço destinado à poesia? Então vá à Casa das Rosas, um oásis em termos arquitetônicos e poéticos em plena Avenida Paulista. Aqui acontece muita coisa: oficina de escrita, cursos, palestras, saraus, sessão de cinema nos jardins etc. Já fiz um post específico sobre esse espaço incrível:

+ Conhecer São Paulo: Casa das Rosas

Casas das Rosas
Av. Paulista, 37, Bela Vista
(11) 3285-6986 | 3288-9447
De terça a sábado, 10h – 22h | Domingos e feriados, 10h – 18h
Grátis

 Instituto Moreira Salles

Imagem deste link

Esse é um espaço dedicado à fotografia, mas também há e artes plásticas, música, cursos e palestras.

Instituto Moreira Salles
Rua Piauí, 844, 1º andar, Higienópolis 
(11) 3825-2560
De terça a sexta,13h – 19h | Sábado e domingo, 13h – 18h

Espaço Cultural Porto Seguro

Esse espaço é destinado à exposições artísticas e culturais com ênfase no pensamento contemporâneo. É composto por espaço cultural, teatro, restaurante e café. Já fui lá e falei dele aqui, ó:

+ Conhecer São Paulo: Espaço Cultural Porto Seguro

Espaço Cultural Porto Seguro
Alameda Barão de Piracicaba, 610, Campos Elíseos
(11) 3226-7361
De terça a sábado, 10h – 19h | Domingos e feriados, 10h – 17h

Centro Cultural Fiesp

image099_thumb.jpg

Composto por Teatro, Mezanino e Galeria de Arte, o Centro Cultural Fiesp é mais um espaço cultural dentre muitos outros da Avenida Paulista. Acredito que o diferencial dele seja as exposições de qualidade.

Centro Cultural Fiesp
Paulista, 1313, Cerqueira César
4003-5588
Galeria: diariamente, 10h-20h | Teatro, Mezanino e Galeria de arte: conforme data e horário da programação
Visita guiada: agendamento escolar: 3146-7439 | agendamento para indústria: 3146-7396
Exposições: grátis 

 Instituto Tomie Ohtake

Instituto Tomie Ohtake

Esse instituto, além de ser um ícone da arquitetura contemporânea vem se destacando no cenário paulista como um espaço cultural de relevância, principalmente pela qualidade das exposições. Aqui também há um teatro. Já falei dele, lembram? 

+ Conhecer São Paulo: Instituto Tomie Ohtake

Instituto Tomie Ohtake
Rua dos Coropés, 88, Pinheiros
(11) 2245-1900
De terça a domingo, 11h – 20h
Grátis quase sempre (consulte o site para conhecer as exposições pagas)

Itaú Cultural

image053_thumb.jpg

Mais uma instituição para compor o complexo cultural da Avenida Paulista. Creio que o destaque do Itaú Cultural são as coleções Numismática e Brasiliana, nesta última há objetos riquíssimos que contam a história do Brasil desde o período colonial, como obras de Frans Post e vários outros. Outro destaque são os eventos que trazem diálogos com especialistas sobre os rumos das artes na atualidade.
 
Av. Paulista, 149, Bela Vista
(11) 2168-1777
De terça a sexta, 9h – 20h | Sábado, domingo e feriado, 11h – 20h
Visita guiada: informações (11) 2168-1876
Grátis

Centro Cultural Rio Verde

Imagem deste link

Esse espaço parece uma balada. Talvez seja um pouco isso também. A proposta é de um espaço de experimentação artística, com infraestrutura para produção de shows, eventos, ensaios, reuniões. Bem descolado.

Centro Cultural Rio Verde
R. Belmiro Braga, 181, Vila Madalena
(11) 3034-5703
De segunda a sexta, aberto 24h

 Fundação Maria Luisa e Oscar Americano

Imagem deste link

Nessa fundação encontramos materiais ligados à história do Brasil. O acervo é constituído por pinturas desde o século XVII, mobiliário, prataria, porcelana, tapeçaria e arte sacra do século XVIII. Aqui também são realizados cursos, concertos e outras atividades culturais.

Fundação Maria Luisa e Oscar Americano
Av. Morumbi, 4077
(11) 3742-0077
De terça a domingo, 10h – 17h30

Fundação Ema Klabin

Esse é um espaço de preservação de memória de Ema Klabin, onde há várias atividades culturais, como cursos, palestras, exposições antiguidade clássica, arte africana, arte europeia, arte brasileira, arte oriental, artes decorativas etc.

+ Conhecer São Paulo: Fundação Ema Klabin

Fundação Ema Klabin
Rua Portugal, 43, Jardim Europa
(11) 3897-3232
Visita guiada: agendamento (11) 3062-5245 ou educativo@emaklabin.org.br 
Obs.: Aos sábados as visitas são gratuitas, sem agendamento, e ocorrem às 13h, 14h, 15h e 16h | sextas livres (gratuito e sem agendamento)

***

Agora vou tratar de espaços que não sei bem como classificar, pois alguns parecem ser casa-museu; outros, não têm acervo, mas a casa em si é um museu. Enfim, não soube classificá-los, porém, a única certeza é de que são espaços culturais.

Solar da Marquesa 

20151001_164922

Nessa casa viveu a Marquesa de Santos, famosa por ter sido amante de Dom Pedro I. Porém, em termos culturais, esse espaço é interessante pela arquitetura e pelas exposições que acontecem aqui. É claro que já fiz um post a respeito:

+ Conhecer São Paulo: Solar da Marquesa de Santos

Solar da Marquesa
Rua Roberto Simonsen, 136
(11) 3241-1081
De terça a domingo, 9h – 17h
Grátis 

Casa da Imagem

image466.jpg

Esse espaço é mais uma daquelas construções que não precisa ter nada dentro e não dispor de nenhum serviço cultural, pois a arquitetura em si já vale. No entanto, a Casa da Imagem tem atividades culturais como exposições, principalmente fotográficas. 

+ Conhecer São Paulo: Casa da Imagem

Casa da Imagem
Rua Roberto Simonsen, 136B
(11) 3106 5122
De terça a domingo, 9h – 17h
Grátis 

Casa Modernista

20160305_145252

Para os padrões atuais, essa casa não impressiona; contudo, ela criou muito frisson na época em que foi construída, no início do século XIX. Para essa época, era uma casa quase futurista. Explorei bem a casa e a mostrei em post específico:

+ Conhecer São Paulo: Casa Modernista

Casa Modernista
Rua Santa Cruz, 325, Vila Mariana
(11) 5083-3232
De terça a domingo, 9h – 17h
Grátis 

Casa de Vidro

Foto Lamberto Scipioni

Imagem deste link

Essa casa pertencia ao casas Bardi, era espaço de encontro de artistas interessados em discussões culturais, ideológicas e sociais. Sua arquitetura, ao lado da Casa Modernista, é considerada ícone da arquitetura moderna no Brasil.

Casa de Vidro
Rua Gen. Almério de Moura, 200, Morumbi
(11) 3743-3875
Visita guiada: agendamento educativo@institutobardi.com.br
 
Casa de Dona Yayá 

Imagem deste link

Hoje, nesse espaço funciona o centro de preservação cultural da USP. No entanto, a casa é famosa por conta de sua ex-moradora, a Dona Yayá. Sebastiana de Melo Freire, Dona Yayá, pertenceu à alta sociedade brasileira e foi sobrevivente de uma família que foi morrendo em série. Com a morte de seus pais e irmãos, herdou a fortuna da família, mas ficou com problemas mentais. Ela ficou reclusa na casa desde sua juventude até seu falecimento aos 74 anos. Como não tinha herdeiros, seus bens foram transferidos à USP.

Casa de Dona Yayá
R. Major Diogo, 353, Bela Vista
(11) 3106-3562
De segunda a sexta, 9h – 17h 

Casa Guilherme de Almeida

Imagem deste link

Esse é um museu biográfico e literário de Guilherme de Almeida. Como atividade culturais há cursos, oficinas, palestras, mesas-redondas e recitais.

Casa Guilherme de Almeida
Rua Macapa, 187, Perdizes
(11) 3673-1883 | (11) 3803-8525
De terça a domingo, 10h – 18h
Visita guiada: agendamento (11) 3672-1391 ou cintiaandrade@casaguilhermedealmeida.org.br. 

***

Este post será atualizado constantemente.

Muito +

Veja toda a série O que fazer em São Paulo

Veja a série História de São Paulo

Veja a série Conhecer São Paulo

Veja a série São Paulo que Vale a Pena

Veja a série Comer em São Paulo