Provins: um tesouro medieval

0 Flares 0 Flares ×

Essa cidade é Medieval de tudo! É uma das cidades medievais mais conservadas da França. Muitas construções datam do século XII e XIII, período em que a cidade era capital do condado de Champagne. A cidade é “dividida” em duas partes: a baixa, onde fica o centro histórico, e a alta, onde está a cidade medieval.

DSC_0467_thumb.jpg

Na parte baixa há construções que surpreendem pelo “grau de medievalismo”.

Provins, França Provins, França

A primeira imagem é da Igreja Saint-Ayuol, construída no século XI. No pavilhão dessa igreja aconteceram os primeiros câmbios e as primeiras feiras de Provins. A segunda imagem é da Igreja Sainte-Croix, construída no século XII. Até agora foi o mais perto que já cheguei de construções ignorantes, brutas.

Subindo até a cidade alta, nos deparamos com essas paisagens:

Ao chegar na cidade alta, encontramos a praça central:

Place du Châtel

Provins, França

Eis um lugar que chamou muito a minha atenção:

La Tour Cesar

Provins, França

Construída no século XII, essa torre é um símbolo do poder dos condes de Campagne, pois protegia o antigo palácio do conde e o domino de Val. No decorrer do tempo já serviu de prisão, refúgio e local de observação. O donjon, torre mais alta, é octogonal e permite uma vista maravilhosa da cidade. A subida é um pouco difícil em alguns momentos, pois os degraus altos e as escadas íngremes, as passagens estreitas e escuras.

DSC_0452.jpg

Mas eu subi até lá. Vejam o que eu vi.

Provins, França

Provins, França

Outra atração que me agradou bastante foi a…

La Grange aux Dîmes

Provins

Gostei muito desse lugar! Essa casa de comércio do século XIII servia como mercado coberto durante as feiras. A partir do século XIV serviu também como depósito do dízimo. Atualmente, é um espaço de exposição com várias cenas que evocamos mercados e as corporações de ofício. Vejam abaixo os vários ofícios da Idade Média.

DSC_0421.jpg DSC_0427.jpg
DSC_0428.jpg DSC_0430.jpg
DSC_0431.jpg DSC_0432.jpg

Continuando com os hábitos dos moradores de Provins, também visitei o…

Museu de Provins e dos Provinois

DSC_0519.jpg

É um museu  que conta um pouco da história da cidade e de seus moradores. Está instalado numa das casas mais antigas da cidade, chamada “Casa romana”. Há vários objetos que contam a história da cidade e do entorno desde a pré-história até o século XIX: móveis, esculturas, quadros, sarcófagos, dentre outros.

Provins, França

O que me chamou a atenção foi a Torre do abandono, local onde mães abandonavam seus bebês por não ter condições de criá-los. Os bebês eram recolhidos por madres que os abrigavam numa espécie de orfanato.

Provins, França

Achei triste essa história, mas pensei melhor e percebi que atualmente essa situação é mais triste ainda, pois muitos bebês são abandonados em latas de lixo. Parece-me que não evoluímos em vários aspectos.

Com espírito reflexivo, em razão da visita ao museu, fui parar em…

Les Souterrains

Provins, França

Originalmente esse espaço era utilizado para guardar materiais utilizados pela indústria de tecido de Provins. Com o passar do tempo, as galerias seriram também de refúgio, de depósito, de taberna e até mesmo lugar de reunião de sociedades secretas. Fiquei pior. Esse lugar é um pouco tétrico, pouco iluminado (iluminação com fibra ótica), úmido e labiríntico.

DSC_0538.jpg DSC_0537.jpg
DSC_0535.jpg DSC_0533.jpg

Indo curtir a próxima atração, me deparei com duas coisas interessantes. A primeira foi a…

Livraria medieval

Provins, França

A segunda coisa interessante foram…

As muralhas da cidade

DSC_0463

São dois exemplos de que a cidade realmente é medieval. Se é que ainda tinha ficado alguma dúvida.

Passei por esses dois pontos interessantes para ver o espetáculo:

Les Aigles des Remparts

Provins, França

Esse espetáculo é muito legal! É teatralizado e há várias apresentações medievais com diferentes bichos: águia, coruja, cavalo, falcão…

DSC_0472.jpg DSC_0485.jpg
DSC_0493.jpg DSC_0505.jpg

As apresentações me fizeram lembrar do filme O feitiço de Áquila, que vi há muitos anos, principalmente a águia, que fez um voo rasante sobre minha cabeça e até deu para sentir um ventinho na moleira. Até filmei alguns trechos do espetáculo. Vejam!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=WEH9KYyiJuQ&w=448&h=252&hd=1]
Espetáculo medieval em Provins, França

 

Também há outros espetáculos, como Le légende des chevaliers e Au temps des Remparts. Mas a esses eu não assisti. É muita coisa para um dia só.

O passeio é muito bom, principalmente para quem tem crianças, que podem se vestir a caráter, conforme os tempos medievais. Provins tem um calendário de festividades. No mês de junho há o festival medieval de Provins. Se você se interessar, visite o site www.provins.net.

Bula: Como ir até Provins

Para chegar a Provins, você deve ir até a Gare de l’Est e pegar o trem que tem como destino final a própria cidade. A viagem demora por volta de 1h20.

Para comprar o bilhete, há duas opções: a) comprar o bilhete no guichê da SNCF, companhia de trem da França ou b) comprar o bilhete Paris Visite zona 1-5 (Provins fica na zona 5). No post sobre como chegar a Versalhes, expliquei como comprar o bilhete. O preço dos dois bilhetes é mais ou menos o mesmo. Utilizei a opção do Paris Visite e paguei 22,50 euros para 1 dia.

Você não pode esquecer de validar o bilhete antes de entrar no trem, conforme expliquei no post sobre Giverny.

Ao chegar na estação de Provins, você pode fazer o trajeto a pé, passando pelo centro histórico atá a cidade medieval, conforme eu fiz; poderá também pegar uma navette (um espécie de van) em frente a estação de trem para ir direto à cidade medieval. O valor da navette é 2,50 euros, ida, ou 4,00 euros ida e volta.

Rapidinhas

Se há um povo que sabe ganhar dinheiro com turismo esse povo é o francês. Eles fazem coisas bem feitas, bem estruturadas e sabem cuidar do patrimônio. Eles fazem com que o novo se harmonize com o antigo de uma maneira exemplar. Precisamos aprender com eles.

Muito +

Veja o álbum fotográfico de Provins

Veja posts de cidades nos Arredores de Paris 

Veja a série Parada em Paris