Resenha: A morte de Ivan Ilitch (Liev Tolstói)

A morte de Ivan Ilitch, de Liev Tolstói
0 Flares 0 Flares ×

Quem está acostumado aos grandes romances de Tosltói, como Ana Kariênina e Guerra e paz pode não querer dar bola para essa novela. Só posso lamentar pela perda de quem tem esse pensamento. É fato que a pessoa perde uma grande história que nos faz refletir sobre a vida e sobre a morte.

+ Resenha: Guerra e paz, de Liev Tolstói

+ Resenha: Ana Kariêninade Liev Tolstói

Com vocês:

A morte de Ivan Ilitch, de Liev Tolstói 

O enredo

Ivan Ilitch é um homem casado, funcionário público, tem situação financeira estável e leva uma vida sem grandes arroubos ou novidades. Ele se casou por interesse, já que a esposa tinha um belo dote, conseguiu ser juiz de instrução e tudo estava bem. Um dia ele se machuca, mas não dá grande importância ao fato e continua a tocar a vida. O machucado que ele ignorou se agrava e ele fica de cama, moribundo por muito tempo. Ele percebe que vai morrer e começa a refletir sobre a vida que viveu e a não gostar do que vê, tanto em relação à vida pregressa quanto à falta de consideração que presencia, dos familiares e colegas de trabalho, em relação ao seu fim de vida. Percebe que começam a se comportar como se ele já tivesse morrido, e Ivan Ilitch, além de vivo, está consciente da vida que tem, da vida e das relações que construiu. Isso o faz sofrer ainda mais.

A narrativa

Como é comum em Tolstói, seus textos são narrados em terceira pessoa por um narrador onisciente, quase invisível. Os personagens falam por si, sem um “mestre de cerimônias”.

Minhas impressões e expressões

Tolstói sempre nos apresenta grandes reflexões sobre hábitos sociais, forma de levar a vida e reflexões transcendentais. Vimos isso em Guerra e Paz e em Ana Kariênina. Em A morte de Ivan Ilitch esses temas são revisitados, mesmo em formato de novela. É impressionante como o autor esmiúça um tema tão importante em tão poucas páginas.

Viagem na leitura, já que a vida real é insuficiente!

Muito +

Veja outras resenhas de literatura russa

Veja posts sobre textos de Tolstói