Resenha: Crônica de uma morte anunciada (Gabriel García Márquez)


0 Flares 0 Flares ×

Esse post é para fazer uma indicação de leitura aos que, assim como eu, amam uma boa narrativa. O título já é instigante, pois, já que tem spoiler, deixa a responsabilidade de manter o leitor interessado por meio de recursos narrativos. Missão cumprida! Bem, vamos ao que interessa:

Crõnica de uma morte anunciada, de Gabriel García Márquez

O enredo

Santiago Nassar vai ser assassinado. Como, por que e por quem o leitor vai descobrindo no decorrer da leitura. Numa cidade pequena onde todos se conhecem e a honra tem que ser respeitada acima de tudo se passam os acontecimentos dessa história. Temos uma moça que prepara seu casamento suntuoso, o qual, na noite de núpcias já entra em crise porque o marido descobre que ela não é mais virgem. Por conta desse fato Santiago Nassar será assassinado. Será ele culpado? Quem é o assassino? Se a morte é anunciada, por que ninguém o avisou? Se o fim já está no título, o que colocam no final da história?

A narrativa

O que há de mais interessante nesse livro é a forma de contar a história. Um vizinho/amigo de Santiago narra os fatos como se fosse Gil Gomes, apresentando cada um dos personagens e contando a história do fim para o começo e do meio para o fim. Um melodrama muito bem narrado e muito bem feito. Muito bom!

Minhas impressões e expressões

Esse é mais um exemplo que prova que nem sempre spoiler atrapalha a leitura. No título já há o enredo e desfecho da história e ainda assim nos mantemos muito interessados em ler o livro. Assista ao vídeo e veja minhas impressões e expressões sobre essa leitura incrível.

Viagem na leitura, já que a vida real é insuficiente!

Muito +

Veja mais post sobre textos de Gabriel García Márquez

Veja mais resenhas de literatura colombiana

Veja mais resenhas de literatura latino-americana

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*