Resenha: O barril de Amontillado (Edgar Allan Poe)

0 Flares 0 Flares ×

O barril de Amontillado é mais um daqueles contos de Edgar Allan Poe que metem medo na gente. É por isso, que esta resenha está sendo publicada no mês do halloween. Ui! Vamos ao que interessa!

O enredo

A história trata de uma vingança entre, aparentemente, dois amigos. Logo no primeiro parágrafo, a decisão pela vingança já é anunciada (vejam o texto na imagem do topo deste post). Paro por aqui para não dar spoiler

A narrativa

A narração em primeira pessoa nos aproxima mais dos sentimentos do protagonista, o que, neste caso, é um pouco assustador. O narrador não sente culpa e nem se justifica, apenas explica suas razões e relata o ocorrido. E ponto. O fato de serem “amigos” coloca o vingador numa situação privilegiada, pois se vingar de alguém que conhece bem é ainda mais assustador. 

Minhas impressões e expressões

Em alguma medida, não sei bem a razão, mas esse conto me fez lembrar o conto A causa secreta, de Machado de Assis. Pensarei mais a respeito. Para mim, histórias de horror não são as que tratam de coisas sobrenaturais, mas as que nos aproximam dos piores sentimentos humanos. Medo, medo, medo… Vejam o conto integral aqui

DSC_1637

Viaje na leitura, já que a vida real é insuficiente!