Sistemáticas: Delft, Vermeer e Moça com brinco de pérola

0 Flares 0 Flares ×

 Neste post, venho tratar, sucintamente, de um pintor e suas obras principais, de uma cidade e de um filme.  Bora lá!

Vermeer (Delft, 1632-1675), pintor holandês do século XVII, é um artista do detalhe, da cor e da persistência. Passou a vida inteira em Delft, uma linda cidadezinha medieval holandesa, e está sepultado na linda igreja…

Oude Kerk (Igreja Velha)

DSC_0461_thumb.jpg

Não se sabe muito de sua vida, mas sabemos que teve inúmeros filhos (uns 15) e viveu com parcos recursos. Durante sua curta existência perambulou por essas paisagens, em Delft.

DSC_0462.jpg

DSC_0475_thumb.jpg

Quando digo “essas paisagens”, são essas mesmo, pois a cidade ainda hoje é medieval e não se alterou muito do século XVII para cá.

Voltando a Vermeer, no mundo inteiro, sua obra mais famosa é A arte da pintura (1665-1668), na imagem abaixo. Essa obra ficou famosa porque foi vendida a Hitler, que na sua loucura por arte clássica e caprichada nos mínimos detalhes, pretendia criar um museu em sua cidade natal, em Linz.

Vermeer

Imagem deste link

Sabem onde está o quadro da imagem acima? No Museu de História da Arte de Viena. Eu vi, ó:

DSC_0785

No Brasil, a obra mais famosa de Vermeer é Moça com brinco de pérola (c1665-1667), creio que seja por causa do filme homônimo.

Moça_brinco

No filme Moça com brinco de pérola (2003, Peter Webber) é contada a vida do pintor e mostrado seu processo de produção. Na história Griet (Scarlett Johanssen), uma pobre camponesa, vai trabalhara na casa de Vermeer (Colin Firth) e aos poucos vai tomando conhecimento de sua arte.  

Não nos parece uma associação muito fácil, mas o ofício de criada exercido por Griet a ajudou a desenvolver habilidades propícias às artes plásticas. O conhecimento da textura e da coloração dos alimentos e sua percepção de jogos de luz condicionou Griet a ser sensível à arte de seu patrão, aproximação que a própria família dele não consegue alcançar.

Veja o trecho em que Griet aprende um pouco mais sobre a arte de seu patrão: câmara escura e mistura de cores de tintas:

No trecho abaixo, a preocupação de Griet com a mudança de luz e o estranhamento do resto da família diante do fato.

No filme, Griet é a Moça com brinco de pérola retratada pelo pintor, mas na vida real, não se sabe quem ele realmente mortalizou em sua tela. Vejam a comparação do quadro com o filme.

Moça_brinco Moça_brinco2

O filme que é pura imagem e poesia, não perca a oportunidade de assisti-lo (na íntegra aqui). 

Se você tiver a oportunidade de ver pessoalmente um quadro de Veermer, repare na riqueza de detalhes (comum na pintura holandesa do século XVII) e imagem o tempo que ele levou para concluir a obra.

Muito +

Veja toda a série Sistemáticas

Veja a série Intertextualidades