Você sabia?, n. 32: origem do dia dos namorados

0 Flares 0 Flares ×

Você sabia qual é a origem do dia dos namorados?

Embora no Brasil nos comemoremos o dia dos namorados em 12 de junho, em outros países, como é o caso dos Estados Unidos, a comemoração é feita no dia 14 de fevereiro, o famoso Valentine’s Day (Dia de São Valentim). Mas qual é a origem disso tudo?

No Império Romano, o imperador Claudius II proibiu o bispo São Valentim de realizar casamentos porque acreditava que os solteiros eram melhores combatentes nas guerras, pois não tinham preocupações familiares. O bispo não foi obediente e começou a celebrar casamentos à surdina, escondidinho. Como os imperadores não deixam a desobediência passar batido, o bispo foi condenado à morte. Enquanto estava preso, Valentim teria se apaixonado pela filha do carcereiro, com quem manteve um romance secreto. Antes de morrer ele escreveu uma mensagem para ela e assinou “do seu Valentim”. Dizem que esse foi o primeiro cartão de dia dos namorados. No dia 14 de fevereiro de 270, São Valentim foi decapitado. Para homenageá-lo a data começou a se comemorada como dia dos casais de namorados e do amor. Dois séculos depois, no ano de 496, o papa Gelásio I escolheu Valentim como símbolo dos enamorados.

No entanto, as comemorações dessa data eram bem diferentes das atuais. Durante esse período, as mulheres casadas podiam se desobrigar da fidelidade e se divertirem com quem quiserem, inclusive com a tolerância do marido. Tudo isso porque essas comemorações eram ligadas a rituais de fertilidade e renovação da terra que remontam ao período romano. Assim, as condutas morais eram afrouxadas e as regras impostas pela Igreja Católica eram quebradas. Contudo, a Igreja não gostou muito dessa situação. No século XVII, durante a contra-reforma, a igreja combateu duramente essa prática.

No século XX as comemorações já eram menos libertinas e valorizam a demonstração de afeto em várias partes do planeta.

Outra versão. Durante a Idade Média, não sei como puderam comprovar isso, diziam que 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da do período usavam data para deixar mensagens de amor à porta da amada.

Imagem deste link

Nos Estados Unidos o Valentine’s Day é celebrado como nos outros países da Europa, em 14 de fevereiro, mas a comemoração é um pouco diferente da brasileira. Não apenas os namorados são contemplados, mas também por pais e filhos, enfim, pessoas que se amam. f 

No Brasil, temos uma motivação menos bonita para a data. Por aqui a data de 12 de junho foi escolhida para comemorar o dia dos namorados por ser véspera do santo casamenteiro, o Santo Antonio. Mas essa ainda não é a motivação de que falei. 

Em 1948 ou 1949 uma rede de lojas percebeu que sempre ocorria queda nas vendas por não haver uma data comemorativa no mês. Por isso, as lojas contrataram um publicitário, o João Dória, para reverter a situação. Em sequência, ele trouxe para o país a tradição do Valentine’s Day, porém com adaptações, pois o São Valentim não nos dizia nada, mas Santo Antônio, sim. Daí a substituição do 14 de fevereiro para 12 de junho. Humpf! A estratégia de Dória deu certo e o comércio, desde então passou também a lucrar bastante no mês de junho.

Muito +

Veja toda a série Você sabia?